plano de prevenção hotel

Entenda como montar um bom plano de prevenção e proteção para hotéis

Gerenciar um hotel de renome e qualidade requer muito planejamento. É necessário acertar na contratação de funcionários, garantir treinamento adequado, certificar-se da limpeza, oferecer um bom serviço de quarto e café da manhã, zelar pela estrutura física do estabelecimento, e, ainda, montar um bom plano de prevenção e proteção para garantir a segurança e prevenir perdas.

Todos os itens citados acima são importantes, mas a questão da segurança merece destaque especial. Isso porque o hotel deve ser responsável pela integridade dos hóspedes e dos funcionários. Sendo um local que fica aberto 24 horas por dia, e tendo entrada permitida a qualquer momento, é primordial que todas as medidas necessárias sejam tomadas em prol do bem-estar das pessoas que transitam pelo estabelecimento.

Ademais, consiste em um espaço comumente utilizado pelos hóspedes em situação de lazer, ou seja, momento em que estão despreocupados, e ainda substitui a casa dos mesmos, de maneira que toda a sensação de segurança sentida no próprio lar é transferida para o estabelecimento. Sendo os hóspedes o principal ativo de um hotel (assim como os funcionários) é imprescindível zelar por eles.

Quer saber mais sobre o plano de prevenção e proteção para hotéis, especificações de cada modalidade e ainda os benefícios de manter um planejamento de segurança? Confira os tópicos que listamos abaixo!

O que é um plano de proteção e prevenção?

O plano de proteção e prevenção nada mais é do que um conjunto de medidas tomadas pelo estabelecimento para proteger todos os ocupantes do espaço físico em questão. Em uma situação de emergência, é comum que as pessoas que a vivenciem sintam-se inseguras e sem saber como agir.

Por isso, manter um planejamento tanto para evitar e prevenir eventos negativos quanto para orientar e proteger as pessoas e a estrutura física do hotel em caso de problemas é essencial.

Quais os seus benefícios?

Entre os principais benefícios de manter um plano de proteção e prevenção está a eliminação do fator surpresa. É necessário avaliar todos os riscos aos quais o hotel, os hóspedes e os funcionários estão sujeitos e elaborar estratégias a serem tomadas para evitar problemas e ainda para garantir a vigilância constante.

Além disso, é preciso definir um plano de ação, caso, apesar de todos os cuidados, problemas venham a ocorrer. É importante atuar para evitar quaisquer tipos de falhas de segurança e promover treinamento adequado de funcionários, para garantir que o ambiente do hotel seja o mais seguro possível. Justamente por abrigar pessoas, ele não pode permitir que erros coloquem hóspedes ou colaboradores em risco.

Quais são os diferentes tipos de planos de proteção e prevenção?

Plano de prevenção e proteção física e patrimonial

O plano de prevenção e proteção física e patrimonial de um hotel consiste na elaboração de medidas físicas e tecnológicas a serem tomadas para impedir o acesso de um indivíduo ou grupo a um espaço delimitado. Aplicado a hotéis, implica na adoção de barreiras, como muros, grades, cercas elétricas, detectores de movimento, alarmes, entre outros.

A implementação dessas estratégias visa dificultar, retardar e impedir o acesso de indivíduos mal-intencionados ao hotel. É indicado contar com o auxílio de uma empresa de segurança especializada, para ajudar na definição de quais medidas preventivas devem ser tomadas de acordo com o espaço físico do hotel.

Plano de prevenção e proteção eletrônica

É comum que a segurança seja negligenciada e que donos de hotel, em vez de investirem em um departamento específico, se limitem a instalar câmeras de segurança caseiras. Isso é um erro grave.

O plano de prevenção e proteção eletrônica vai muito além da instalação de câmeras de segurança. É preciso colocá-las em locais estratégicos, pensados por quem entende do assunto, já que, em um hotel, os hóspedes querem privacidade.

É possível ainda manter um sistema de monitoramento dessas imagens, para que haja intervenções imediatas em caso de suspeita de perigo. Também é preciso que elas sejam gravadas, para que possam ser acessadas em caso de eventual problema.

A segurança eletrônica diz respeito ainda ao acesso ao hotel. Por meio de cartões codificados, a entrada de hóspedes, não apenas no estabelecimento como também nos quartos, é mais segura e limitada.

Plano de prevenção e proteção contra incêndios

Um incêndio, além de provocar grande destruição, pode levar à morte, e, por isso, hotéis devem contar com um plano de proteção e prevenção. Além disso, é necessário definir protocolos a serem seguidos em caso de eventual problema, para resguardar os hóspedes e funcionários.

Para garantir a proteção contra incêndios, é importante reduzir as fontes de ignição, prevenir a propagação de fumaça e fogo e ainda assegurar rotas de fuga, além de oferecer equipamentos para o combate ao incêndio e proteção individual das pessoas e ainda facilitar o acesso de equipes de resgate.

Para minimizar os riscos, é indicado conduzir inspeções semanais para verificar as condições de toda a fiação do hotel, a fim de evitar curtos. Os fios devem obrigatoriamente ser embutidos em conduítes metálicos e precisam ficar protegidos das demais tubulações. Também é importante que os materiais utilizados no acabamento dos espaços internos e externos do hotel não sejam inflamáveis.

Também é necessário ter muito cuidado com a cozinha do hotel. É importante ter apenas uma central de abastecimento de gás, limpar com produtos adequados os filtros das coifas de exaustão e reduzir o uso de equipamentos de aquecimento elétrico. Além disso, proibir o fumo na cozinha, lavanderia, depósitos e outras áreas de serviço é essencial.

É importante ainda instalar portas corta-fogo para separar ambientes e garantir que todos os espaços tenham detectores de fumaça. Equipar escadas de emergência com sistemas de pressurização e portas corta-fogo também é necessário.

Por fim, assegurar uma rota de fuga bem sinalizada e acessível a todos é primordial. É preciso verificar questões como iluminação e ainda instalar um sistema de voz que oriente as pessoas sobre os procedimentos de escape. Além disso, treinar todos os funcionários e ainda oferecer aos hóspedes informativos sobre o plano de fuga ajuda a salvar vidas.

Conforme mostramos acima, o plano de prevenção e proteção é extremamente importante e não pode ser negligenciado. Ele deve ser encarado pelo bom gestor hoteleiro como primordial.

Uma maneira de facilitar o controle e seguimento de todas as medidas protetivas é adotar uma ferramenta de checklist customizável e promover inspeções periódicas. Assim, é possível garantir que todos os passos necessários para a preservação do hotel, hóspedes e funcionários sejam tomados diariamente.

Agora que você já sabe como montar um bom plano de prevenção e proteção para seu hotel, que tal assinar a nossa newsletter? Publicamos periodicamente conteúdos que vão te ajudar a gerir seu estabelecimento de maneira eficiente, por meio do uso de um software de checklist! Não deixe de conferir!

One Reply to “Entenda como montar um bom plano de prevenção e proteção para hotéis”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This