Descubra como realizar a gestão de laticínios corretamente

A gestão de laticínios é uma demanda que requer cuidados específicos. Produtos dessa natureza são mais delicados e têm maior facilidade de estragar. Todo o processo logístico precisa ser pensado com adaptações e recursos especiais.

É preciso executar práticas adequadas de armazenamento, transporte e organização nas prateleiras quando o produto chega aos mercados. Essas etapas garantem a preservação e a qualidade ao consumidor final.

Neste post você vai entender melhor cada um desses cuidados e saberá exatamente o que deve ser feito durante a gestão da logística dos laticínios. Confira!

Cuidando do armazenamento

O armazenamento dos produtos na empresa requer muito cuidado e organização. Esse trabalho garante que qualquer item possa ser encontrado facilmente, assegurando a agilidade no trabalho. A separação por categorias também facilita o registro nos sistemas, tornando as demandas mais práticas.

Gestão do estoque

Para gerir o estoque é preciso recorrer à tecnologia. Toda compra deve ser registrada em um sistema automatizado, que compute a quantidade de novos produtos. Assim, a cada saída é possível fazer a baixa com maior agilidade, de maneira fácil e que não demande tanto tempo.

Os responsáveis pelo local conseguem saber o quanto ainda resta em volumes, o que é fundamental na hora de realizar novos pedidos. Esse trabalho evita gastos desnecessários ou compras urgentes.

Controle dos processos de limpeza do local

A limpeza do local também é fundamental na gestão de laticínios. Um estoque insalubre interfere diretamente nos produtos, causando contaminação ou deterioração.

Os resultados podem ser dois, ambos graves: a chegada do item sem condições de consumo ao cliente, ou o prejuízo, quando é detectado em estoque que a mercadoria está estragada.

Temperatura

Laticínios precisam de um cuidado especial quanto à temperatura dos locais de armazenamento. Diferentemente de outros itens, a refrigeração se faz necessária, para que sejam mantidas as condições básicas de consumo até chegarem ao cliente final.

É preciso estabelecer uma rotina de conferência dessa temperatura, prezando para que ela esteja sempre adequada. Nesse caso, uma ferramenta de checklist personalizável se faz importante. São diversos os procedimentos diários a serem realizados em um estoque, sem que nada possa ser esquecido.

Gerindo o transporte

Transportar também é uma demanda que gera cuidados na gestão de laticínios. Esse trabalho é parte fundamental da rotina logística, por isso é ideal estabelecer boas práticas, preservando sempre a mercadoria.

A embalagem do produto deve preservá-lo, assim como todo procedimento de manuseio precisa ser feito da maneira certa. Os veículos também necessitam ter as condições ideais de transporte.

Embalagem dos alimentos

É fundamental que eles estejam em embalagens que preservem a mercadoria, seja contra contaminação, seja contra a perecibilidade. Nos leites, a caixa longa vida é um bom exemplo de recurso que tem resultados positivos.

O mesmo deve ser pensado em outros produtos. O transporte coloca tudo em movimento, então é necessário se atentar também à vedação e proteção do conteúdo dentro de caixas e potes.

Manuseio

Essa é uma demanda mais direcionada aos colaboradores envolvidos no processo logístico. Todo cuidado deve ser colocado em prática, desde a retirada do estoque até a arrumação dentro dos caminhões.

Se necessário, a empresa deve oferecer treinamento especializado aos funcionários. Esse processo de manuseio é importante e imprescindível que seja executado corretamente, evitando perdas.

Uso de pallets

Pallets são estruturas que facilitam muito o transporte, já que praticamente trazem os produtos dos estoques sem mudá-los de posição. Para isso, é preciso o uso de empilhadeiras para fazer a retirada do depósito e a alocação nos caminhões.

O treinamento específico também é necessário para que durante o processo não haja nenhum dano aos laticínios.

Translado na temperatura adequada

Os produtos não podem sofrer mudanças bruscas de temperatura. É fundamental que o veículo esteja climatizado da mesma forma que o estoque, seguindo os padrões. Esse cuidado garante a integridade dos laticínios quando eles são transferidos do armazenamento para o transporte.

Executando a organização

A gestão de laticínios também aborda o momento final do processo: a chegada ao consumidor final, ou seja, quando o produto está no mercado. Por lá, a empresa também tem suas obrigações para garantir que os itens cheguem em perfeito estado ao consumidor.

Os cuidados vão desde a disposição das mercadorias, passando pelo controle de validade e indo até a preservação dos itens. Todas essas etapas são fundamentais para a integridade dos laticínios.

Disposição nas prateleiras do supermercado

Esse é um trabalho que envolve algumas questões, e a primeira delas é a comercial. É preciso dispor os produtos de acordo com as categorias e também com a ordem de relevância. Naturalmente, os carros-chefe das marcas precisam de maior destaque.

A organização por categoria ajuda o cliente a encontrar o que ele quer. Intuitivamente, ele saberá onde está determinado item, então a disposição nas prateleiras precisa favorecer essa busca automática.

O cliente nem sempre tem o devido tempo para procurar a mercadoria e pode levar outra se a sua não estiver de fácil visualização. Por isso, posicione de forma que seja quase um movimento automático.

Controle da validade dos produtos

Produtos fora da validade representam um grande prejuízo às empresas, por isso essa é uma demanda fundamental na gestão de laticínios. O primeiro cuidado diz respeito à alocação de tudo nos freezers do mercado, já que esse é procedimento básico.

O método de armazenamento também deve favorecer a logística voltada aos prazos de validade. Os clientes precisam ter acesso prioritário aos itens com data de validade mais próxima ao fim. Para isso, há o método PEPS (primeiro a entrar, primeiro a sair).

Por meio dele, os produtos que estão mais perto do vencimento são dispostos na frente daqueles que têm um prazo mais longo. Assim, é automático que o consumidor pegue primeiro os que vão vencer mais rápido, seguindo a logística planejada.

Praticar uma gestão de laticínios eficiente evita prejuízos e preserva os alimentos, fortalecendo a marca no mercado. Os checklists personalizáveis são fundamentais para executar as demandas que você viu ao longo deste post. Eles evitam que procedimentos importantes sejam negligenciados ou esquecidos.

Se as dicas foram úteis, siga a nossa página no LinkedIn para ter acesso a mais conteúdos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This