Auditor na empresa realizando o controle de perdas com checklist

Veja as 4 melhores práticas para controle de perdas que precisa aplicar

Ser gestor, em qualquer ramo, traz uma grande responsabilidade para manter tudo funcionando. Entre suas diversas funções, é seu papel traçar formas de alcançar sucesso e aumentar os lucros. E um dos passos importantes é focar no controle de perdas.

Mas de nada adianta um ótimo planejamento de gestão se existem perdas e desperdícios durante os processos, principalmente se estamos lidando com varejo e estoque de produtos.

4 ações para manter o controle de perdas

Para ajudar você, trouxemos as 4 melhores práticas para o controle de perdas. Acompanhe!

1. Verifique os motivos das perdas em sua empresa de varejo

Há diversas causas possíveis para haver perdas em seu negócio, e o primeiro passo é verificar o que vem acontecendo. Trace um panorama de como atua sua empresa de varejo e busque detectar todas as possibilidades.

A seguir, veja alguns motivos mais comuns que ocasionam perdas:

  • Problemas com mercadorias (itens vencidos ou danificados, por exemplo);
  • Furtos externos ou internos;
  • Falta de controle dos processos operacionais;
  • Ineficiência na hora de receber itens de fornecedores ou centros de distribuição;
  • Imprecisão na contagem de produtos do estoque;
  • Não ter informações corretas sobre as entregas (extravios ou avarias, por exemplo);
  • Dados desatualizados (tanto de clientes, pedidos, estoque, pós-venda, etc.).

Esses são apenas alguns exemplos. O mais importante é fazer um verdadeiro diagnóstico da sua empresa de varejo. Quanto mais completo e detalhado, melhor.

2. Crie uma equipe para tratar do controle de perdas

Com todos os dados na mão, agora é o momento de saber quem poderá criar processos e procedimentos para transformar o controle de perdas em um hábito de todos os colaboradores. Afinal, quanto menos se perde, mais se lucra.

Aproveite para usar essa mudança de pensamento organizacional como motivação para seu time: envolva-os em um esquema de vantagens, incluindo premiações e reconhecimento a partir da reversão de um quadro de perdas.

3. Utilize checklists para procedimentos e processos

Enumerar de forma clara os procedimentos do dia a dia é primordial para qualquer tipo de gestão. Quando se pensa em uma empresa de varejo, isso se torna ainda mais importante, tendo em vista a necessidade de saber o passo a passo para controle de perdas.

Principalmente em pequenos empreendimentos, muitos gestores iniciam controles do que fazer por meio de papel, planilhas ou, ainda, contando com a memória dos envolvidos no processo. Contudo, esses métodos tendem a causar problemas.

Afinal, papéis se perdem e planilhas se confundem em múltiplas versões. Além disso, não se deve centralizar as informações em uma pessoa, pois ela poderá se ausentar em algum momento. O acúmulo de informações deve ser bem gerenciado.

Por exemplo: imagine se em sua empresa de varejo não há controle de materiais que podem perder a validade. Ou, pior, se para cada verificação é preciso fazer toda uma recontagem. O resultado são diversas perdas: de tempo ou de produtos.

Fazer checklists, nesse cenário, significa ter um método que realiza a prevenção de perdas no varejo e também otimiza o trabalho. Isso tudo faz com que os colaboradores envolvidos não percam tempo e, como consequência, tem-se o aumento dos lucros.

4. Invista em soluções tecnológicas

Para os checklists funcionarem a contento e você conseguir a adesão da equipe, é preciso que tudo seja muito prático. Invista em dispositivos mobile e crie em seu time o hábito de registro.

Ao integrar todas as informações, desde o pedido de venda, compras e estoque até a saída dos produtos, tudo passa a ser automatizado, facilitando o dia a dia.

Dessa forma, além de sempre ter dados atualizados, não serão necessários dias inteiros para formular relatórios ou fazer levantamento de informações. Com isso, todos da equipe poderão focar no que realmente interessa: melhorias contínuas para a empresa, uma vez que a parte operacional estará totalmente otimizada.

Outra vantagem é a emissão de relatórios em tempo real e o acesso remoto aos dados. Gestores e diretores podem, com isso, ter uma visão mais precisa do que poderá ser melhorado, seja no dia a dia ou durante uma viagem.

Como sua empresa vem trabalhando para fazer o controle de perdas? A Checklist Fácil vem ajudando inúmeras empresas como Renner, Habib’s, Natura e Ambev a otimizarem esse processo. Conheça nossa solução e veja como ela pode ajudar no seu dia a dia!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This