Checklist de manutenção na gestão de supermercados: saiba o que fazer

Quem gerencia estabelecimentos comerciais sabe que, no caso específico da gestão de supermercados, a organização é um dos aspectos mais importantes. A exposição de produtos, quando organizada de forma estratégica, compõe o merchandising, parte do marketing que trata da forma como o visual influi na atração e retenção de clientes.

Está interessado em saber mais sobre o assunto e quer ver sua loja atraindo mais clientes? Pensa em aumentar o giro dos produtos nas prateleiras e estoque? Acompanhe o artigo até o final, e saiba como manter um supermercado sempre pronto para receber clientes.

Ordene setores estrategicamente

Quem opera no comércio varejista pode se deparar com desafios como giro insuficiente de produtos. Por questões de sazonalidade (épocas de escassez ou excesso), ações da concorrência ou defasagem, existem mercadorias que podem ficar encalhadas.

Ao detectar esse problema, uma forma de aumentar o giro é expor os produtos em pontos privilegiados. A sabedoria popular diz que quem não é visto não é lembrado e com produtos à venda não é diferente.

Portanto, uma avaliação criteriosa a respeito dos melhores pontos de exposição pela ordenação estratégica de setores pode ser a saída para mercadorias que não estão vendendo bem. Talvez posições mais próximas da entrada sejam mais indicadas, ou mais próximas dos caixas, onde eles serão vistos com toda certeza.

Zele sempre pela limpeza e asseio

A circulação de pessoas num supermercado torna inevitável o acúmulo de sujeiras diversas. Nada pior para a imagem de um estabelecimento do que a percepção de que o asseio não está em dia.

Manter um ambiente limpo, além de ajudar a preservar a boa imagem, torna a convivência mais agradável. Para que a sujeira não seja um problema, medidas simples podem ser tomadas. Por exemplo, a definição de cronogramas de limpeza entre as equipes de apoio é útil para que as pessoas responsáveis pelo asseio não deixem essa importante atribuição de lado.

Paralelamente à organização do trabalho, manter colaboradores engajados com a limpeza estimulando comportamentos saudáveis é fundamental. Não é porque há profissionais de limpeza que um funcionário vai descartar seus resíduos incorretamente ou mesmo deixar de limpar um local que esteja sujo.

Quando todos ajudam, a limpeza torna-se um exercício que pode até mesmo ser prazeroso, afinal, quem não gosta de estar num local sempre bem asseado? Um checklist de limpeza pode ser bastante útil, fornecendo informações na forma de relatório de indicadores. A retenção de clientes pode ser afetada por um ambiente que não está sempre limpo.

Atenção à distribuição dos produtos

Além da ordenação estratégica dos setores, a distribuição dos produtos nas prateleiras é um ponto muito importante a ser considerado. A altura média do brasileiro, segundo pesquisa da revista científica Life, é de 1,73. Sendo assim, os produtos que estiverem expostos nessa altura serão, naturalmente, os primeiros a serem visualizados.

Um outro aspecto que não pode ser deixado de lado ao distribuir os produtos em prateleiras é a posição que eles se encontram em relação aos outros. Há mercadorias que podem servir como gancho para a compra de outras.

Por exemplo, quem está comprando batata palha pode estar pensando em fazer um estrogonofe. Portanto, posicionar cogumelos tipo champignon ao lado pode alavancar as vendas do produto.

Estar no final ou no começo de uma gôndola também pode fazer a diferença. Produtos que tenham giro maior podem ser posicionados mais para o final do corredor, enquanto os que estão encalhados poderão ser destacados em posições com maior visibilidade.

Ter atenção à distribuição pode até mesmo reduzir as perdas de produtos. Quanto menos espaço for necessário para o deslocamento de uma mercadoria, menores as chances dela sofrer avarias.

Tente uma organização criativa

Se a ideia é destacar produtos, uma boa maneira de tornar sua exposição favorável é organizar de maneira criativa. Caso o formato das embalagens possibilite, organizar mercadorias em forma de pirâmide sempre ajuda a chamar a atenção.

Produtos sazonais, como ovos de Páscoa, embora já sejam naturalmente atraentes, podem se tornar ainda mais visíveis, se dispostos em forma de um mosaico colorido. Tudo vai depender da criatividade e sentido de organização dos colaboradores envolvidos na disposição dos produtos para venda. Quem nunca se sentiu atraído ao ver produtos aparentemente desinteressantes empilhados num formato diferente?

Não se pode ignorar a enorme influência que o visual merchandising exerce nas pessoas. Boa parte das decisões de compra partem da maneira como os produtos são percebidos visualmente, portanto, cuidar desse quesito é imprescindível para uma boa performance comercial.

Estoque é parte da gestão de supermercados

Outro ponto que exerce influência na decisão de compra é a disponibilidade de produtos nas gôndolas e prateleiras. Se uma delas estiver vazia, a mensagem que inevitavelmente será transmitida é de que o produto não está a venda. Além de ser péssimo em termos comerciais, a falta de produtos é muito ruim para a imagem de um supermercado.

Quando um cliente percebe que o estabelecimento não tem a oferta de produtos esperada, a tendência é de que ele deixe de voltar ao local.

Para evitar a falta de produtos, o maior aliado de um gerente é o controle de estoque. É a partir do seu gerenciamento que se pode garantir o fornecimento de produtos que serão dispostos para venda. Controlar os estoques é fundamental para que a reposição dos pontos seja rápida, evitando a fuga de clientes e a temível percepção de que o estabelecimento não tem produtos para vender.

Na organização do estoque, alguns princípios aplicados à própria organização do supermercado podem ser replicados. Produtos com giro maior devem ser posicionados em pontos de melhor acesso, para assegurar que sua reposição seja mais rápida.

Por outro lado, deve-se ter atenção aos perecíveis, para que posições mais afastadas ou no fundo de prateleiras e contêineres não os releguem ao esquecimento. Nesse sentido, contar com um sistema informatizado é muito útil para minimizar perdas.

Em se tratando de gestão de supermercados, tempo e organização do espaço são sinônimos de mais vendas. Gerente que busca melhores resultados deve estar sempre atento à manutenção do espaço e sua organização.

Esse e muitos outros conteúdos informativos sobre gestão de supermercados e outros estabelecimentos comerciais podem ser acessados facilmente, basta assinar nossa newsletter para estar sempre bem informado!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This