Dicas para otimização de restaurantes

4 dicas de otimização de tempo na gestão de restaurantes

Quem faz gestão de restaurantes está sempre correndo contra o tempo. Mais que isso, está sempre pensando em alternativas para agilizar seus processos sem perder de vista o padrão de qualidade.

Por isso, vamos mostrar a seguir algumas estratégias imprescindíveis de otimização do tempo em diferentes etapas logísticas do restaurante.

1. Invista em organização

Quando falamos em otimização do tempo, o primeiro ponto que devemos considerar é a organização do local.

Manter a ordem na hora de receber os pedidos e fazer as entregas é tão importante quanto estabelecer regras de acondicionamento e uso dos alimentos e utensílios de cozinha, por exemplo.

Além dos ganhos em tempo na preparação dos pratos, as vantagens de uma boa organização incluem também acrescimentos na credibilidade e imagem da marca.

A primeira impressão é sempre marcante para o cliente, e encontrar um local limpo e organizado contribuirá para que a experiência dele no restaurante seja positiva.

Da mesma forma, um cardápio claro, objetivo e bem organizado facilitará a consulta e a agilização a escolha do cliente.

2. Melhore o atendimento

Além da organização, o atendimento representa uma variável importante na gestão do tempo. Isso inclui o recebimento e envio dos pedidos para a cozinha, a entrega dos pratos e até mesmo a etapa de pagamento.

Uma forma de otimizar todas essas fases da experiência do cliente é padronizando o processo de atendimento, gerenciando os funcionários para manterem a empatia sem perderem a objetividade.

Por isso, também vale investir em treinamentos e capacitações periódicas dos funcionários, assim como em pesquisas internas e externas.

Pesquisas de satisfação do cliente possibilitam enxergar o atendimento pelos olhos do consumidor, abrindo possibilidades de torná-lo melhor.

Já as pesquisas de perfil e clima organizacional, quando analisadas em conjunto com as avaliações de desempenho, permitem identificar oportunidades de melhoria sob o ponto de vista dos processos internos.

3. Estabeleça processos e metas

É necessário que sejam estabelecidos processos e metas claros para se ter sucesso ao padronizar as etapas de atendimento,.

Também é preciso contar com o envolvimento dos funcionários na consolidação dos processos e metas, pois são eles que vivenciam a rotina de trabalho e podem alertar para os pontos que precisam ser otimizados. Além disso, são eles que desenvolvem uma relação mais próxima com o cliente.

4. Aplique a tecnologia na gestão de restaurantes

Hoje em dia, há inúmeros softwares e recursos customizáveis criados especialmente para auxiliar o empreendedor ou gerente na gestão do restaurante.

Um bom sistema de checklist, por exemplo, possibilita a compilação e o envio automático de dados e a criação de relatórios gerenciais em tempo real, além de facilitar auditorias e inspeções de segurança ou sanitárias. Ou seja, por meio da tecnologia, é possível estabelecer processos de maneira automatizada e com menos intermediários, possibilitando maior agilidade.

Portanto, aposente o papel: adote comandas eletrônicas e conte com um bom software de gestão para garantir um retorno imediato em tempo e produtividade. Assim será possível ter um controle mais eficiente do estoque, das compras, pagamentos, fornecedores, preços etc. Tudo de maneira centralizada e integrada.

E agora que você já sabe como usar o tempo a seu favor na gestão de restaurantes, que tal contar para nós como a tecnologia contribuiu para seu empreendimento? Deixe um comentário abaixo!

One Reply to “4 dicas de otimização de tempo na gestão de restaurantes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This